> > > Supervisão de Lubrificação com Sensores de Vazão de Óleo

Supervisão de Lubrificação com Sensores de Vazão de Óleo

Supervisão de lubrificação em mancais

Supervisão do óleo lubrificante é fundamental em sistemas de lubrificação.

Pressostatos são de uso habitual para sinalizar sistemas de lubrificação, ou seja, se a linha estiver pressurizada indica que há pressão e considera-se que há fluxo, mas se houver um entupimento ou alguma obstrução (ex.: tubulação amassada, válvula travada), o pressostato indicará pressão, mas o óleo não chegará ao destino final.

O sensor de fluxo Icos detecta vazão (fluxo): qualquer obstrução aumentará a pressão, mas reduzirá o fluxo - que será detectado, pois o pistão do sensor retornará a zero se a pressão de entrada for igual a pressão de saída.

O mesmo permite ajuste do ponto mínimo a detectar, sendo desde 4ml/min de óleo a 40l/min. Importante haver um sistema de filtragem de partículas antes do sensor.

Filtro Magnético
Filtro Magnético
Supervisão de óleo em sistemas de lubrificação com Sensores de Fluxo ICOS detectando vazão de óleo na tubulação